O que é Self Storage?

Pouco conhecido. Assim é o self storage no Brasil. Muitos, acham que esse novo segmento é a mesma coisa que o já famoso guarda-móveis, mas essa é uma ideia equivocada.

Nos EUA, porém, tal setor já está bastante desenvolvido. Existem mais de 50 mil self storage por todo o país. Na Europa, ele também vem crescendo desde o ano de 2014.

O maior problema enfrentado é a falta de conhecimento e também de hábito. O uso do self storage veio com o objetivo de otimizar espaços de tal maneira que contribui para fazer com que a vida de todos os moradores das grandes cidades fique mais inteligente.

É fato que o Brasil tem sofrido com a crise econômica, porém, esse mercado está em expansão e muitos já tem apostado no self storage, pois atualmente é preciso reduzir custos.

Afinal, diferentemente da locação, a empresa que atua nesse segmento não faz contrato com prazo determinado, o interessado não paga imposto.

Por esse motivo, muitas empresas têm visto o self storage com bons olhos, pois muitas como no caso de escritórios de advocacia e de escritórios de contabilidade precisam guardar seus arquivos e as lojas precisam ter estoque.

As famílias também precisam do setor, pois a crise fez com que muitos desistissem de trocar uma casa pequena por uma maior e para não se desfazer dos bens, é preciso guardá-los de maneira segura, confortável e prática pelo tempo que for preciso e com um preço muito mais acessível.

Como está crescendo agora no Brasil, o auto armazenamento ainda não é muito conhecido, porém é preciso salientar que ele é uma alternativa muito mais viável para pessoas jurídicas que pretendem otimizar não só o espaço como também a logística.

Além disso, o espaço locado é usado conforme a necessidade do locatário, pois ele é flexível e não há multa ao rescindir um contrato.

Erroneamente, as empresas acham que locar um espaço é algo caro e só é feito por grandes corporações.

Assim, os pequenos empreendedores acabam dando um jeito de colocar tudo dentro de um pequeno espaço físico fazendo com que a sua loja não tenha um design interessante e como consequência disso, sua eficiência fica comprometida.

Apesar dessa ideia de guarda-móveis estar arraigada a mente das pessoas, é claro que o self storage também tem essa função.

Porém, ele veio trazer um serviço não só mais completo como também moderno, porque facilitou a vida das pessoas, deu autonomia, pois cada locatário tem a sua própria chave e dinamizou o armazenamento, aspecto imprescindível nas grandes cidades.

Vantagens da contratação desse tipo de serviço

– O segmento funciona como uma extensão da sua casa ou do seu empreendimento, pois eles estão ficando cada dia menores e é preciso contar com um local seguro para armazenar objetos pessoas e profissionais.

– Não há um horário determinado para que o cliente vá até o auto armazenamento retirar o que ele precisa. O segmento funciona em horário comercial e aos sábados.

– Redução nos custos. Diferentemente das locações de espaços, no self storage não é preciso pagar água, luz e segurança.

– Seus itens estão sempre seguros, pois além de ter monitoramento 24 horas, o usuário tem privacidade em seu acesso e o seguro dá cobertura total a todos os bens armazenados.

– Apesar de ser mensal, o contrato é livre de burocracias e impostos, basta que o locatário pague o primeiro mês de maneira antecipada e depois é só informar a empresa se pretende ou não ficar com o espaço por mais tempo. Sendo assim, não é preciso apresentar fiador ou seguro-finança para usar o espaço.

– A vantagem é que como os contratos são flexíveis, o tempo de locação ou o tamanho do box locado podem ser alterados de maneira a atender a atual necessidade do nosso cliente.

– Todos os seus móveis ou objetos contam com maior proteção, pois os espaços são individuais e o acesso é feito por meio de chave ou senha pessoal.

Diferenças básicas entre o guarda-móveis e o self storage

O guarda-móveis já é tradicional no Brasil, pois está aqui há mais de 60 anos. Como contam com grandes galpões, esse modelo de armazenamento de objetos precisa contar com funcionários para que eles manuseiem os itens que ali estão.

Os contratos nessa modalidade costumam ter maior durabilidade e não basta simplesmente o interessado chegar lá e romper o acordo.

Por sua vez, o serviço de self storage dá ao cliente maior flexibilidade, pois os boxes têm diversos tamanhos e fica a critério do interessado escolher aquele que irá atender a sua necessidade.

O melhor nisso tudo é que diferentemente do guarda-móveis, só quem tem a chave é que poderá ter acesso aos pertences, por isso todos os seus bens desfrutam de maior segurança.

5 pontos a serem levados em consideração antes de escolher a empresa do segmento de self storage

Localização

Todo mundo quer ter uma folga na correria do dia a dia. Uma maneira de possibilitar isso é optando por um self storage que fica pertinho da sua empresa, porque assim fica mais fácil receber as entregas dos seus fornecedores, conferir os papéis que estão no arquivo, contar o estoque e pegar os produtos que estão em falta na loja.

Preço

Não basta ter um preço competitivo, se sua loja não tem variedade. Para isso, aposte no self storage, o preço de locação é muito atrativo e os seus clientes sempre terão muitas alternativas para escolher. Chega daquela desculpa, não tem de outra cor?

Segurança

Como já foi mencionado, ninguém pode ter acesso ao seu box a não ser que você entregue a chave.

Otimização

Ninguém quer perder negócios ainda mais em tempos de crise, por isso dentro do espaço locado, o cliente pode montar uma estrutura para trabalhar enquanto aguarda uma entrega.

Flexibilidade

Outra vantagem do serviço de self storage é o fato do cliente poder aumentar ou diminuir o espaço locado conforme a necessidade do seu negócio.

Conclusão

Com todas essas informações em mãos, não há mais desculpas para não buscar a Guarda Bens e entender, porque é melhor contar com os nossos serviços.