A história do Self Storage

A cada dia, o serviço do self storage está mais popular no Brasil, porque as pessoas passaram a entender como ele funciona e como ele é importante na manutenção e na organização de diferentes espaços que podem ser desde uma casa até mesmo um escritório de contabilidade e de advocacia.

Apesar de ganhar notoriedade e popularidade em nosso país, o self storage teve origem em 1889 lá nos Estados Unidos. No entanto, ele também só se popularizou por lá 70 anos depois de ter sido criado, pois foi em 1960 que os norte-americanos passaram a entender o self storage como uma extensão de suas residências.

Como dissemos no primeiro parágrafo, esse meio de estocagem chegou tanto no Brasil como em outros países, ao redor do mundo. A mundialmente conhecida Bekins Moving & Self Storage foi a responsável por levar até os EUA esse tipo de serviço e de lá, ele foi ganhando o mundo.

Situada na cidade de Cioux City, a empresa conseguiu ficar popular somente na década de 60, porque foi nessa época que o mercado imobiliário apresentou crescimento voltado a unidades menores e paralelamente, foi preciso encontrar um local para armazenar os pertences que tinham sido adquiridos ao longo da vida e que já não cabiam nessa casa que tem um modelo menor.

Diante da necessidade de guardar todos os pertences e de morar em uma casa menor por diversos fatores, os americanos entenderam que o self storage era um serviço capaz de atender o que eles precisam sem precisar gastar muito por isso.

Com o passar do tempo, a prática se notabilizou em todo o país e hoje, eles já enxergam esse serviço com uma verdadeira extensão das suas casas, porque o self storage é um serviço seguro e prático que possibilita a pessoa a oportunidade de guardar tudo aquilo que ela considera importante, que tem valor sentimental ou financeiro, mas que não tem espaço para ficar em casa.

O fato é que o negócio foi se expandindo de forma rápida. Em 1984, mais de 6 mil empresas trabalhavam no segmento e em 2010 o número saltou para 46 mil. Só entre 2005 e 2010 estima-se que 3 mil empresas foram construídas anualmente no setor.

Devido a importância, a utilidade do serviço e o crescimento vertiginoso do self storage, o segmento foi se expandido até chegar no Brasil.  Na Europa, somente em 2013 já haviam sido construídos mais de dois mil centros de armazenamento, ficando divididos entre 800 no Reino Unido, 250 na França, 260 nos Países Baixos e mais 180 na Espanha.

 A chegada do self storage no Brasil

O self storage desembarcou em terras brasileiras na segunda metade do século XX, mas antes ele ficou popular em países como Austrália, Canadá e da Europa. Por aqui, a primeira empresa do segmento foi aberta ainda em 1996.

Como o crescimento foi exponencial assim como nos EUA, foi preciso criar uma associação para fazer a regulação do setor e isso está sob responsabilidade da Associação Brasileira de Self Storage – ABRASS que é a responsável tanto por regular quanto promover e integrar o segmento.

Estima-se que em nosso país, mais de 100 empresas já estão oferecendo o serviço de aluguel de espaços para que os locatários possam armazenar seus pertences com qualidade e segurança. Segundo dados, as empresas juntas oferecem cerca de 170 mil metros quadrados em espaço.

Assim como nos EUA, o segmento cresceu e se desenvolveu no país motivado por imóveis que estão cada vez menores e pela necessidade das pessoas que por diferentes razões precisaram deixar seus imóveis maiores e mudarem para casas que não tinham o mesmo espaço que a anterior.

Com isso, para não se desfazer de itens que tem valor sentimental, financeiro ou de outra natureza, as pessoas começaram a buscar o serviço oferecido pelo segmento de self storage.

Além de atender as pessoas, no Brasil as empresas de e-commerce também encontram nessa modalidade um serviço muito viável, porque eles deixam o seu estoque armazenado e não precisam gastar com locação de salas, por exemplo, para manter seus produtos seguros.

Os escritórios de advocacia e de contabilidade também tem usado esse serviço, porque eles podem retirar os arquivos da empresa, liberarem espaço e, ainda, crescer mais ou tornar o espaço mais agradável não só para clientes como funcionários, porque agora eles têm espaço.

As lojas de roupas, calçados, jóias, brinquedos e demais setores também tem feito uso do espaço no Brasil, porque elas precisam de um local seguro para manter o estoque e o self storage também oferece isso a todos eles.

O preço praticado pela Guarda Bens Self Storage é acessível e isso faz com que as pessoas tenham interesse em contar com o serviço. No entanto, os benefícios não param por aí, porque diferentemente de uma locação junto a imobiliária, um box vai requerer apenas documentos pessoais e o pagamento do primeiro aluguel.

Feito isso, a pessoa já está habilitada a fazer uso do seu box da forma como achar melhor, será preciso apenas respeitar os horários de funcionamento da Guarda Bens SP. Além disso, se precisar cancelar o contrato, não será preciso pagar nenhum tipo de multa, diferentemente do que é feito quando o acordo é assinado com alguma imobiliária.

Ficou interessado em entrar para a história fazendo uso do serviço oferecido pela Guarda Bens? Então, entre em contato agora mesmo com o nosso atendimento, conheça os tipos de espaço que temos à disposição, pague o primeiro aluguel e, pronto!

Traga todos os seus pertences pra cá e tenha a certeza de que tudo estará seguro, pois só tem acesso ao seu box quem tiver a chave, ou seja, nenhum de nossos funcionários tem autorização para acessar a parte interna do espaço que foi locado.

E mais, temos câmeras de monitoramento que estão em funcionamento 24 horas por dia e isso é mais um recurso que garante a segurança de tudo o que está armazenado em nosso espaço. Não perca mais tempo, venha para a Guarda Bens Self Storage!